27 Pessoas online preenchendo o Contrato Sublocação de Espaço para Manicure agora agora
Analista de Marketing Amanda Guilherme
08/10/2021

Tudo que você precisa saber sobre o contrato de sublocação de salas para manicure. 

Entenda o que é um contrato de sublocação de salas para manicure e em quais situações você deve utilizá-lo. Como fazer, quais as cláusulas essenciais que devem constar no seu contrato. Modelo simples em PDF e word para imprimir.

Se você é manicure e tem o desejo de desenvolver suas atividades em um espaço para exercer sua profissão e prestar um bom atendimento para suas clientes, este artigo é para você.

Ninguém deseja errar na hora de escolher o lugar e para a segurança das partes é necessário ter um bom contrato com todas as cláusulas e atualizado, feito por um cartório que garanta a sua segurança.

1. O que é a sublocação de uma sala para manicure?

Antes de ir logo fazer um contrato é importante saber alguns detalhes importantes. Estar bem arrumada e bonita é o que toda mulher deseja. 

Pensando nisso, algumas atitudes simples podem fazer a diferença, como por exemplo, fazer as unhas e claro, toda manicure ou pedicure deseja atender seus clientes em um bom ambiente.

Algumas das alternativas é a sublocação de uma sala, que é um dos pontos fundamentais, deve ser analisada com muita cautela para que erros não sejam cometidos.

Antes é necessário escolher o espaço mais adequado para prestar o serviço. E se você desejar não atender sozinha, poderá fazer um contrato de parceria com outros profissionais no ramo da beleza, como cabeleireiros e depiladores.

Aprovado pelo congresso Nacional uma Lei que permite o microempreendedor individual, conhecidos como MEI e as microempresas.

A sublocação de espaço para manicure nada mais é do que um aluguel de um espaço para fazer o melhor atendimento. 

Mas e se você não tem todos os materiais, será que ainda pode sublocar um espaço? É o que vamos responder a seguir.

Porém, ele não pode ser feito por qualquer um, pois há algumas exigências que a maioria das pessoas não sabem e se elas não estiverem em seu contrato, ele não será válido.

2. Posso sublocar um espaço mesmo sem ter todos os materiais?

Chegou a hora de falar sobre o material necessário, como cadeira, estufa e algumas até mesmo desejam investir em um kit e nele pode conter até mesmo um cartão de boas vindas.

Procurando se especializar cada vez mais, é comum fazer um investimento não só nos equipamentos para o salão, mas também em um bom curso e para manter a organização, adquirem uma agenda.

A manicure que está trabalhando de forma autônoma, pode sublocar um espaço mesmo que não tenha todos os equipamentos ainda, uma das opções que os profissionais recorrem é alugar.    

3. Como sublocar um espaço?

Infelizmente ainda é muito comum que as pessoas não façam um contrato com segurança ao sublocar um espaço, mas para ter uma garantia isso é de extrema importância.

Para sublocar um espaço, além de ter um documento com todas as cláusulas e atualizado, deve ser prestada atenção em alguns detalhes.

Deve ser autorizada por escrito, o locador deve ter o consentimento e autorizar a sublocar, se você é sublocatário não pense que não tem obrigações.

Se caso o locador deseje vender a casa e ele estiver sublocado, quem tem a preferência nesse caso é do sublocador e depois do locatário.

Até aqui falamos de sublocação, mas você sabe o que é?

4. O que é uma sublocação?

Você sabe o que é uma sublocação e se pode ou não fazer uma? Sublocação é quando um imóvel que está alugado é ocupado por outra pessoa.

Isso acontece pois quem alugou o imóvel não está utilizando e então para não arcar com os encargos das moradias decide fazer a sublocação. 

Mas para que isso aconteça o locador deve estar ciente da sublocação, como já foi citado quem alugou o imóvel não está utilizando e com o objetivo de não romper o contrato, resolveu fazer a sublocação.

5. Diferença entre Locação e Sublocação.

Será que existe alguma diferença entre Locação e Sublocação? Sim, existe, ao fazer um contrato de locação e sublocação não é só no nome que tem a diferença.

Para entender, vamos começar explicando o que é o contrato locação, que é quando o locador (proprietário) cede o  uso do local ao locatário (inquilino) em troca de um pagamento.

Na sublocação o imóvel que foi alugado não está sendo usado e por isso o locatário (inquilino) resolve sublocar e então, outra pessoa passa a usar o imóvel, pagando uma porcentagem ou o valor completo.

Conclusão

Importante ressaltar, que a  manicure estará trabalhando de forma autônoma, não será subordinada ao dono do estabelecimento, por mais que a dona seja uma cabeleireira, dona do salão, não existirá vínculo empregatício.

Tudo sobre o tema

Legislação: Lei 8245/91 art 16

Conceito: A sublocação não pode acontecer sem antes ter o consentimento do locador, o sublocador é quem será o responsável pelo pagamento.

Vigência: O prazo de sublocação não deve exceder o do contrato de locação.

O que não pode faltar

Valores;
Dados das partes;
Assinaturas das Testemunhas;

Outras nomenclaturas

Contrato de sublocação de espaço em salão de beleza;
Aluguel de espaço para manicure.


Dúvidas mais frequentes

1. ??O locador deve assinar o contrato de sublocação também?

Não, neste contrato, apenas o sublocador e o sublocatário devem assinar o documento.

2. ?? Tem limite no valor da sublocação?

Sim, conforme a lei o valor cobrado não pode ser maior ao valor da locação.

3. ??O que é o contrato?

O contrato é um documento que garante e assegura quem está prestando os serviços e o dono do estabelecimento, não só de dúvidas que possam surgir mas das obrigações e direitos.