27 Pessoas online preenchendo o Contrato de Parceria de Trabalho agora agora
Analista Patrícia Leal
23/06/2022

CONTRATO DE PARCERIA DE TRABALHO.

Quais são as características principais? Como fazer o Contrato de Parceria Trabalho? Qual o benefício de fazer o contrato? Quem é responsável por fazê-lo? Modelo de CONTRATO simples e atualizado para imprimir em Word e PDF.

A parceria comercial pode ser entendida como uma colaboração entre empresas, desde que corretamente estabelecida.
Relevante para o cumprimento de objetivos comuns, a formalização da parceria através de um contrato.
Um acordo de parceria bem escrito garante mais segurança para ambas as partes e evita o risco de perda de tempo e dinheiro.
Neste artigo, evidenciamos a relevância e as particularidades desse tipo de contrato, seu funcionamento e as consequências de um contrato mal feito.

Como é um contrato de parceria?

Assinar acordos com parceiros pode reduzi-los para oferecer um produto mais completo e construir uma base de clientes forte.
Os acordos de parceria comercial são formalizados para garantir os interesses de todas as partes envolvidas durante o processo
Como uma primeira etapa, os parceiros em potencial devem esclarecer as expectativas do acordo.
Como os contratos são feitos para amenizar futuras divergências, o alinhamento de condições, termos, repartições, condutas e afins, deve ser formalizado para resguardar as partes contratantes.
Diferente do estabelecimento de sociedades ou vínculos trabalhistas, no contrato de parceria, todas as partes envolvidas devem ser tratadas como iguais e compensadas com garantias resultantes dessa parceria.

Tipos de Parceria

O regimento legal brasileiro estabelece ampla variedade de parcerias com o intuito de facilitar o atribulado cotidiano de empresários.
 

Alguns de seus exemplos são: 

•    parceria para a promoção de eventos;
•    parceria de marketing;
•    parceria para o desenvolvimento de softwares;
•    parceria de vendas;
•    parceria para a produção e/ou desenvolvimento de produtos/serviços;
•    parceria de distribuição de produtos;
•    parceria para divulgações e afins.
As possibilidades oferecidas são infinitas e é necessário sublinhar a natureza da segurança jurídica validada pela assinatura de tais documentos.
Portanto, vá em frente e formalize seus acordos e negociações para proteger seu negócio!
Precauções importantes para evitar erros comuns que envolvem parcerias
Um acordo de parceria abrangente e bem elaborado deve ser elaborado - de preferência por um profissional qualificado e - em nome de garantir a integridade das partes envolvidas.
Também é necessário garantir a montante para esclarecer as expectativas dos parceiros, o conhecimento jurídico e de cada um.
Um cuidado final, mas não menos importante, é a atenção à imposição de práticas abusivas.
A parceria comercial funciona como um comum acordo que define todos os interesses envolvidos como igualmente importantes.
Não tratando de hierarquia , o contato com quem conhece todas as especificidades do acordo é essencial para a relevância, sustentabilidade e estabilidade da parceria.
Além disso, deve-se notar que é necessário cumprir vários requisitos legais para que o contrato seja válido.

Os efeitos de um contrato mal elaborado

Qualquer contrato mal elaborado pode gerar grandes perdas para as partes, e com o contrato de parceria não é diferente.
Geralmente, esses documentos são mal elaborados quando sua redação e revisão não são realizadas por um consultor jurídico de qualidade.
Por exemplo, parcerias formalizadas com base em contratos encontrados na internet são arriscadas e geradoras, uma vez que não serão especificadas dependendo das particularidades da relação
Além disso, o não cumprimento de obrigações por um dos é um evento que pode ser observado em contratos cujas cláusulas são mal redigidas, incompletas ou imprecisas. A judicialização de conflitos resulta da ausência de cláusulas referentes à resolução de conflitos e representa disputas que muitas vezes não são resolvidas devido à clareza das obrigações.
Ir à Justiça é muito prejudicial para a empresa, é um desperdício desnecessário de recursos e um problema que poderia ser evitado ou facilmente pela correta redação do contrato.
Assim, uma parceria que deveria ser mutuamente benéfica para as empresas torna-se um grande incômodo e dano.
Por fim, é importante enfatizar que a elaboração de um contrato de parceria é uma ação complexa, e deve ser realizada com cautela, tendo em mente as cláusulas e seu devido respeito pelas partes.