27 Pessoas online preenchendo o Contrato de Compra e Venda de Aplicativo APPs agora agora
Analista de Marketing Patrícia Leal
04/05/2021

Contrato de Suporte Técnico de Software : Entenda a validade e para quê serve!

Entenda o que é Contrato de Suporte Técnico de Software . Como preenchê-lo? Quais as principais informações do contrato? Modelo simples e atualizado para imprimir em Word e PDF. 

Você que tem uma empresa usa algum aplicativo? Sabendo que para ter destaque no mercado é importante ter um bom aplicativo para solução de problemas com mais rapidez e aprimorar o seu negócio.

Surge a pergunta, mas o que é um contrato de compra e venda de aplicativo? Não se desespere, vamos te ajudar e responder todas as suas perguntas neste artigo.

O que é o contrato de compra e venda de Aplicativo?

Conhecido também como Contrato de compra e venda de aplicativo, ele tem como finalidade garantir que ambas as partes que estão no contrato tenham uma compra e venda segura e dentro da lei.

Se você está vendendo o aplicativo, já sabe que isso pode te gerar um valor financeiro e o comprador a solucionar um problema com um aplicativo que funciona. Mas ter essas habilidades não é suficiente na hora ter segurança, por isso é tão necessário o contrato com todas as cláusulas. Fazendo em um cartório que garanta tudo isso.
O que deve ter no contrato?

No contrato vai ficar registrado as intenções de entrega de posse do aplicativo para o comprador e deve ser devidamente registrado em cartório, que vai ser reconhecido a firma.

Descrição das partes e os objetivos, citando os nomes completos e a descrição do produto que está na transação, detalhando o produto, como o nome exato.
Obrigações do cliente, para que o compromisso que está sendo firmado aconteça de forma devida e como vai ser feita se precisar de manutenção, como o suporte vai ser prestado, bem como detalhar todos os custos, prazos e garantia.
Comprar ou desenvolver um Aplicativo

Já sabemos que um aplicativo pode resolver uma gama de problemas de uma maneira rápida e até mesmo econômica. Não pense que só os aplicativos que já vem no computador como os Windows é suficiente.

Mas aí surge a pergunta: a melhor opção seria comprar um aplicativo já pronto ou desenvolver um do zero? Vamos falar sobre alguns pontos que poderão te ajudar a tomar essa decisão. Antes é necessário saber qual vai se adequar melhor a sua empresa.

Sendo necessário avaliar duas coisas, como o tempo de produção e o custo total. Ambas são válidas mas ao escolher saiba qual vai responder melhor às suas demandas.
Por que comprar um aplicativo?
Vimos anteriormente que a empresa pode optar por desenvolver um aplicativo, mas essa decisão pode custar bem mais do que é esperado e não investir em nada pode fazer até mesmo a empresa perder bons clientes.

Ter uma boa tecnologia e aqui falamos em investir em um bom aplicativo vai fazer com que sua empresa tenha um bom desempenho e eficiência, como a otimização do tempo para resolver pequenos e grandes problemas.

Se você está preocupado com as formas de pagamento, existem duas bem comuns: parcelado ou financiado, tudo vai depender do acordo feito.
Diferença entre Software e Aplicativo 

Será que existe mesmo alguma diferença entre os dois? O tempo passou e a cada dia parece que surge um novo termo e surgem essas confusões mesmo, mas não se preocupe, vamos te ajudar.

Os aplicativos também conhecidos como APPs, são os que encontramos nos dispositivos móveis, depois da chegada dos smartphones o termo programa foi substituído por aplicativos.

Basicamente os softwares são usados quando você quer falar de um programa no computador e os aplicativos é necessário ir na loja de aplicativos do celular para baixar, seja o sistema android ou IOS, não tendo nenhuma diferença entre eles.

Tipos de Aplicativo
Para se manter atualizado no mundo competitivo, ter bons aplicativos passou a ser uma necessidade, mas como apostar em um sem conhecer? Por isso neste tema, vamos falar dos principais tipos de aplicativos e suas características.

Aplicativo Nativo 

Trabalha offline nos dispositivos móveis, um exemplo é a câmera, não sendo necessário ir na loja de aplicativos e instalar, pois já são instalados no interior do dispositivo para que o usuário não perca tempo e assim acesse os recursos e funções com rapidez. 

Aplicativo Web

Não sendo necessariamente um aplicativo mas uma página da web, que funciona como um programa, ele é executado na internet, ou seja, os dados vão ser armazenados dentro da internet. Seu acesso é através de uma URL 

Aplicativo Híbrido 

Esse aplicativo foi desenvolvido para funcionar em várias plataformas diferentes, tendo o reconhecimento em todo sistema operacional. É possível baixar em diversas lojas não sendo necessário ter uma adaptação de código.
Conclusão
O mercado atual está em constante mudanças e os recursos tecnológicos também, graças a ela problemas que antes eram comuns dentro de uma empresa podem ser resolvidos em poucos minutos, evitando atrasos e a perda de dinheiro e clientes.

Apostando em um bom aplicativo que já está pronto, não só a empresa sai lucrando mas também conseguindo atingir as metas de uma maneira mais leve, pode não parecer a princípio mas assim como em qualquer compra é necessário ter um contrato atualizado com todas as cláusulas para garantir a segurança de ambos.

Não se esqueça, vivemos em um mundo digital, onde tudo se resolve em uma simples pesquisa na internet.

Tudo sobre o tema

Legislação:  

Conceito: 

Vigência: 

O que não pode faltar 
Valores;
Dados das partes;
Dados do aplicativo;
Condições de pagamento.


Outras nomenclaturas
Contrato de compra e venda de software