27 Pessoas online preenchendo o Contrato de Armazenagem de Mercadorias agora agora
Analista Patrícia Leal
22/06/2022

Entenda o que nunca te falaram sobre o Contrato Armazenagem Mercadorias .

Quais são as características principais? Como fazer o Contrato Armazenagem Mercadorias ? Qual o benefício de fazer o contrato? Quem é responsável por fazê-lo?

O Contrato de armazenamento de mercadoria é um modelo de contrato onde as partes firmam ajuste para que de um lado uma deseja armazenar determinadas mercadorias e de outro lado está aquele que irá promover o armazenamento.
Assim, em uma gestão de estoque eficiente conta com diversas ferramentas para facilitar o trabalho durante o transporte de cargas. Para isso, existem os sistemas de armazenagem, que tem como objetivo organizar, classificar e estocar materiais em um armazém ou depósito. Em cada estrutura, matérias-primas e produtos finalizados são armazenados de acordo com seu peso, tamanho e quantidade. Além de levar em conta as condições operacionais e de espaço para escolher o melhor método para a empresa.

 

Existem vários tipos de armazenamento, aqui vamos listar sete deles:

·  Racks
Os racks são estruturas metálicas que permitem o armazenamento do estoque.
Graças a eles é possível armazenar mais utilizando o mesmo espaço disponível, garantindo uma excelente localização.
Geralmente são prateleiras inclinadas que as armazenam em formato de caixa.

É um dos sistemas de armazenamento mais utilizados em grandes armazéns, utilizando toda a sua estrutura vertical.
Na prateleira de fluxo , a mercadoria desliza para a prateleira, evitando assim danos ao produto e perda financeira.
A organização deste tipo de armazenamento torna clara a situação, caso seja necessário repor o estoque.

 
· Sistema WMS
O Sistema de Armazenamento WMS é um software de gestão inteligente que promove um correto controle do estoque. Todos os processos de movimentação dos produtos são administrados e rastreados, como entrada e saída de materiais e cadastro de itens estocados.
 
Além disso, o espaço disponível é gerenciado para alocar mais produtos de forma transparente.
O objetivo é melhorar a produtividade do warehouse em diferentes, tais como registrar dados e tirar


· Estantes

Um dos sistemas de armazenamento mais simples são as prateleiras.
Elas são divididas em dois tipos: as leves e as cantilever.

As prateleiras cantilever são grandes, resistentes e não se fixam em pilares ou paredes.
Eles são ideais para armazenar grandes cargas e pesos pesados, como barras, tubos, metal e pranchas de madeira.
Produtos longos também são armazenados neste tipo.

São utilizadas prateleiras leves para armazenar cargas usadas, com tamanho menor e peso leve.
A capacidade de cada prateleira varia entre 50 e 300 quilos.
No entanto, pode ser necessário atualizar o equipamento para gradativamente sua capacidade.

· Mezanino

Os mezaninos são construídos de aço inoxidável de alta qualidade
Eles permitem um armazenamento vertical duplo ou triplo, otimizando o processo de estocagem.
O armazenamento pode ser feito acima ou abaixo.
É até possível instalar elevadores industriais para os trabalhadores se movimentarem.
As prateleiras também são utilizadas neste espaço.

· Carrossel

Os sistemas de armazenamento do tipo carrossel consistem em um conjunto de prateleiras com prateleiras que se movem horizontalmente.
Eles permitem o armazenamento de diversos produtos, como caixas, pneus e roupas, e, portanto, são utilizados por diversos setores.
Os itens armazenados neste tipo são leves.
Portanto, eles podem ser manipulados manualmente, de forma rápida e até mesmo nas áreas de trabalho.
Entre os benefícios estão a redução no espaço do equipamento e nos custos de energia.

· Porta paletes

Composto por estruturas de aço , é um dos sistemas de armazenamento ideais para as cargas que chegam
Suporta objetos mais pesados ​​ e, portanto, requer empilhadeiras para alcançar os suportes superiores.
É adequado para empresas que possuem uma grande movimentação e uma variedade de produtos.
Além disso, sua estrutura permite uma redução considerável de ocupado.

· Drive-in e Drive-thru

Os sistemas de armazenamento drive-in e drive-thru usam a área de superfície de um porta-paletes convencional.
As cargas se sobrepõem, evitando assim um possível esmagamento
Eles oferecem uma grande capacidade de armazenamento de paletes, promovendo o aproveitamento máximo do espaço.

O Drive-in trabalha na modalidade LIFO .
O último elemento armazenado é o primeiro a estar na estrutura.
Na verdade, as operações de entrada e saída de são executadas pela mesma extremidade do banco de dados.
O drive-thru funciona da mesma forma , permite a entrada e saída de material pelas laterais .
Na verdade, neste sistema, as empilhadeiras podem se mover livremente.

Contrato para armazenamento de mercadorias do corretor em um estado

Basicamente é um contrato de logística, que é um que garante e detalha todas as condições e obrigações que serão aplicadas em um contrato de fornecimento de transporte de mercadorias.

No sistema “broker”, o contratado assume o papel de representante comercial e operador de logística da indústria para atender varejistas de menor porte, sem a necessidade de comprar e manter estoques como o distribuidor tradicional.

Contrato de depósito de mercadorias

Basicamente é o mesmo que armazenamento.
Assim, vamos falar das vantagens de realizar um contrato de depósito e armazenamento.
·       Redução de custos: A confiança na custódia e conservação dos bens no custodiante / operador logístico de armazenamento implica em vantagens, visto que essas empresas possuem expertise neste serviço e, portanto, possuem a melhor força de trabalho e mais tecnologia fazem o trabalho.

Aumento da capacidade de produção : a eficiência típica da logística na atividade de armazenagem se traduz diretamente em produtividade, desde a agilidade no exercício da atividade e estrutura física para a execução da custódia e das mercadorias e o gerenciamento de estoque permite o armazenamento e melhor uso do espaço físico, fatores relevantes para o fluxo de produção e para maximizar o desempenho da empresa fornecedora.

·         Melhores condições de trabalho: porquanto especificamente equipado para o desempenho da atividade de depositário (pois esse é o seu "core business"), a contratação de operador logístico armazenador resulta na imediata redução de riscos de acidentes com funcionários da empresa fornecedora não especializada e, ainda, na imediata elevação do conforto de tais empregados.
·         Melhor distribuição: usar um operador para fornecer o serviço de "depósito " também implica ganhos na distribuição de produtos, porque, em ambos os casos, a escolha do armazém contratual leva em consideração questões de localização, objetivando assim racionalizar o processo de entrega de mercadoria ao destinatário final e, também, nos riscos de dano ou deterioração do produto decorrente do transporte e passagem do tempo.

Dessa forma, para além de instrumento de caráter meramente acessório, na contemporânea era globalizada, o contrato de depósito e armazenamento desenvolvido como mecanismo de logística guarda em si vital função no exercício da atividade empresarial, uma vez que atende à sempre urgente necessidade de otimizar a sistemática de comércio, viabilizando, dentre outras vantagens não enunciadas, as relacionados à redução de custos, aceleração das operações mercantis e aperfeiçoamento dos serviços disponibilizados aos agentes econômicos e seus consumidores finais.

O que é custo de armazenagem?

Assim para que possa realizar um bom controle de estoques, é de suma importância saber o seu custo de armazenagem, que é composto por diferentes contas, como:

aluguel;
energia elétrica;
depreciação de equipamentos;
impostos do local, como IPTU;
contratos de segurança;
seguros;
itens usados para acondicionar as mercadorias — entre eles paletes, estantes, mesas, prateleiras e refrigeradores no caso de bens perecíveis;
remuneração e benefícios da mão de obra etc.
Quando colocamos esses elementos juntos, podemos ver que o custo de armazenamento corresponde a todas as despesas que tem para manter seus produtos nos centros de armazéns, armazéns, etc.

Também é preciso considerar o período de tempo em que isso ocorre e os esforços de colaboradores para manter e transportar as mercadorias em boas condições. Além disso, é preciso lembrar que a armazenagem consome espaço, pode danificar produtos, requer transporte de itens pela indústria etc.

Outros aspectos que impactam financeiramente o estoque são as perdas por:

Quebras;
Extravios;
Vencimentos de prazos de validade;
Obsolência.